quarta-feira, 27 de junho de 2012

Das saudades e de como um jogo pode fazer esquecer por quase uma hora esse sentimento...



Hoje, não ao contrário de todos os outros dias, senti muita saudade... A palavra quer ficar cada vez mais leve, mas a saudade torna-se tão pesada em certos dias...

Logo vou ver o jogo de Portugal e espero que durante esses minutos não me passes pela cabeça... É que eu preciso de descanso! E o meu coração então... Esse nem já nem me fala... 



terça-feira, 26 de junho de 2012

Frase do dia...


“E entre tudo o que ele poderia ser para mim, ele escolheu ser saudade.” (autor desconhecido)

terça-feira, 19 de junho de 2012

Miss you...

E pronto, é que tenho mesmo saudades... Muitas. Demais eu diria!
Saudades de tudo o que foi, mais ainda do que senti que poderia ser...

Tenho saudades do pouco que tive e do muito que poderia vir a ter...


Sinto falta de falar contigo todos os dias, de sentir que estavas sempre à distância de um telefonema ou de um SMS... 


Tenho saudades do teu tímido toque, dos teus espantosos beijos, do sorriso que me ofereceste e de como me fizeste sentir feliz sem que nenhum de nós disso soubesse...


Tenho saudades dos meus sonhos, dos meus pensamentos, de tentar adivinhar os teus...



O meu coração continua cheio, mas tenho saudades de quando ele estava cheio mas feliz...

Tenho saudades tuas todos os dias. Não todo o dia a toda a hora, mas todos os dias...
Eu sei que andas por aí, longe de mim, mas quero que saibas que ainda te espero...


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Um sonho e 8 meses depois...

Começamos a sair em Setembro de 2011 e apenas sonhei contigo uma vez... 


Passaram-se cerca de 2 meses e nessa semana beijamo-nos de uma forma tão perfeita que tudo o que me ia no coração veio ao de cima... Faz hoje exactamente 8 meses. Só que eu empurrei com toda a força a fraqueza que me deu no momento do teu beijo, a paixão que senti pelos teus lábios, a doçura com que senti o teu toque e nos dias seguintes fiz questão de manter a minha postura de sempre: Quieta e calada, no meu canto seguro onde supostamente ninguém me magoava... E desta vez tu fizeste igual e não me deste notícias nos 2 dias seguintes.
Só agora percebo que era algo semelhante a um "teste" e que eu não passei, mas o que dizer?! Não estava na minha altura... 
Só que uns dias depois sonhei que te tinha perdido e pela primeira vez ao acordar peguei no telefone e, num acto de desespero quis ouvir a tua voz, saber que ainda estavas do outro lado e que ainda poderias ser um pouco "meu"... Tu atendeste admirado com a minha atitude porque durante 1 ou 2 meses eu nunca tinha tomado essa iniciativa e descansaste um pouco o meu coração, dizendo que estava tudo bem e que tinha sido apenas um sonho...


Nesse dia à noite estivemos juntos, vim embora já de manhã mais feliz do nunca mas sem eu própria o saber e desde esse dia tudo mudou...
Neste fim-de-semana voltei a sonhar contigo. Desta vez foi um sonho bom. Mau para mim claro. Odeio sonhar que voltaste e que sempre me quiseste também... Que finalmente estavamos juntos e que eu podia fechar a porta e ficar contigo para sempre...
Oito meses após o melhor beijo que alguma vez recebi de alguém, o meu coração decidiu sonhar que eras meu finalmente e que desta vez não te iria perder... Sabes, o meu coração quer mesmo ser feliz e por isso mesmo te espero...



quarta-feira, 13 de junho de 2012

O melhor blog de moda!



Eu vejo e consulto (assim com vontade de "apanhar" algumas boas dicas) alguns sites mais ligados a compras e moda no geral... Há por aí alguns bons blog's mas para mim o melhor é o da Paula Echevarría - Tras La Pista de Paula Echevarría. Consegue combinar peças que todas nós podemos comprar com algumas coisas de marcas melhorzinhas (algumas BEM melhores) e anda sempre linda e elegante... Gosto em demasia! E ela... Linda de morrer!!!


terça-feira, 12 de junho de 2012

Dos ex namorados e de como todos deviam ir de vez à sua vidinha!!!




Pois e quando os ex's passam a vida a precisar de nós mesmo depois de termos acabado há cerca de 3 anos?! Ou se tem um coração de pedra, e nada se diz, porque se acredita piamente que essa relação (que não sei bem como lhe chamar sequer) nunca irá dar certo ou então se tem um coração pequenino mas muito bom como o meu e não se nega um, dois, vinte pedidos de ajuda... (Note-se que as ajudas apenas acontecem porque sempre houve muito amor, muita amizade, uma relação muito especial e a separação apenas acontece porque teve de ser, mas tudo ficou bem e ninguém fez mal a ninguém... Também não sou assim parvinha e ainda bem :)).

Pois eu acredito que o melhor é mesmo não nos armarmos em Madre Teresa de Calcutá e ajudar MUITO à distãncia ou nem ajudar mesmo. Explicando com sinceridade que não dá e fazendo com que os dois sigam a sua vida separados... Aprende-se com os erros né??? É que depois um dia tu que sempre foste forte, que sempre lá estiveste e nunca precisaste até precisas e tens um momento em que pedes ajuda e levas com uma bruta de uma desilusão que dói e muito...


Sempre fui a favor de que as pessoas nao se devem chatear mas cada um na sua vida... A minha vida mostrou-me que nem sempre as coisas são mesmo assim e aquilo que achamos que connosco nunca iria acontecer na realidade acontece, mas também me mostrou que quando acaba, acabou! Ou depois vives uma "segunda" separação... Não dá!!! Fora com os ex, que vão todos à vida deles e nos deixem na nossa vida. Em paz e sossego! 


O meu coração é forte para umas coisas mas para outras livra!.. Burrinho como tudo!! Acabou finalmente. Adeus meu querido ex, agora menos querido, mas adeus finalmente!!! (deita-se uma lágrima porque se continua a adorar aquela pessoa mas logo passa).